Retalhos Imortais do SerAfim - Oswald de Andrade Nada Sabia de Mim


01/08/2006


Escrito por lady gumes às 12h15
[ ] [ envie esta mensagem ]

cores: luz

 

percebo flores pelo chão

por onde passo

seja leblon arpoador ou ipanema

senegal nova nigéria

quintal da minha casa

makondo cacomonga de onde vim

pomar de frutas lagoa mar

bebo nas águas onde rio

seja qual for a estação

é sempre luz em santa clara

como este nome

afro tupi em minha língua

copacabana araribóia

baía de guanabara

 

artur gomes

http://fulinaimicamente.zip.net

http://carnavalha.zip.net

http://ladygumes.blogspot.com

 


Escrito por lady gumes às 12h15
[ ] [ envie esta mensagem ]

30/07/2006


retalhos imortais do serAfim - oswald de andrade nada sabia de mim

Escrito por lady gumes às 11h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

Ouvindo Dorival Caymmi

Tenho uma Dor rival de Caymmi
uma dor de cair em mim
de chegar à beira do amor
e não saber mergulhar.
Andei...
Beirei riachos e fontes,
margeei lagos e mares,
reguei as flores de ontem,
chorei por tê-las plantado.
Andei, por andar andei ...
Cortei o próprio umbigo,
procurei abrigo na chuva,
busquei na uva a verdade
que o vinho diz revelar,
mas no barril só encontrei bagaços,
cascas de fruta amassada,
pedaços de um quebra-cabeças,
que não me levaram a nada.
Andei... ah como andei ...
Desci aos meus porões.
No escuro de minha solidão,
pari uma tristeza amarga,
que vive sugando meu peito
feito filha bastarda.

 

Marilda Confortin

Escrito por lady gumes às 10h52
[ ] [ envie esta mensagem ]